Eu Tarso pela Democracia

Ligado .

Vítima do truculento processo de perseguição judicial, censura e sufocamento financeiro imposto a blogueiros e ativistas digitais, o advogado e professor universitário Tarso Cabral Violin está no centro da campanha de solidariedade Eu Tarso pela Democracia. Levada a cabo por comunicadores, juristas e com o apoio do Barão de Itararé, a iniciativa pretende ajuda-lo a arrecadar a quantia de R$ 200 mil a qual foi condenado a pagar, em ação movida pelo grupo político do governador paranaense Beto Richa (PSDB). Seu 'crime': realizar duas enquetes de opinião durante a eleição municipal de 2012.

Na página da campanha , além do detalhamento do caso, é possível conferir e assinar dois manifestos. O primeiro é o Manifesto dos Juristas, que já conta com o apoio de Fabio Konder Comparato, Dalmo de Abreu Dallari e Celso Antônio Bandeira de Mello. O segundo é o Manifesto dos Comunicadores e Internautas, já endossado por nomes como Luis Nassif, Franklin Martins e Ana de Hollanda.

Para ajudar o Tarso, basta acessar o link da campanha de crowdfunding e doar valores a partir de R$ 20. "A luta", segundo o blogueiro, "é contra o confisco, pela democracia e pela liberdade de expressão". Ajude aqui!

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar