O fim da neutralidade e a transformação da internet em rede de supermercado

Ligado .

Por Patricia Fachin, no portal Unisinos

A decisão da agência norte-americana Federal Communications Commission – FCC de pôr fim à neutralidade da rede nos EUA provavelmente não terá impacto nas legislações de outros países, como o Brasil, diz Sérgio Amadeu à IHU On-Line. “É claro que uma lei aprovada nos EUA pode ser utilizada como uma tendência mundial, mas não é o caso, porque não há nenhuma obrigação de que países que têm uma legislação protegendo a neutralidade da rede, como é o caso do Brasil, devam criar novas leis alterando a neutralidade da rede”, afirma.

Acervo do Unidade destaca colaboração dos cartunistas e chargistas à luta dos jornalistas

Ligado .

Fonte: Portal do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo

As charges e os quadrinhos fazem parte da trajetória dos 80 anos do Sindicato dos Jornalistas. Na edição nº 393, o jornal Unidade traz algumas imagens de nosso arquivo que mostram a colaboração e a parceria de grandes profissionais do traço à luta da categoria.

Fake News de 2017: emprego e recuperação da economia

Ligado .

Cartum: Carlos LatuffCartum: Carlos Latuff

Por Luis Nassif, no Jornal GGN

Há três fakenews em discussão na economia brasileira:

Fakenews 1 – a reforma trabalhista não afetará o nível do emprego

É evidente que não. O que define o nível de emprego é a demanda e o nível de automação da empresa. Se a empresa precisa de 100 funcionários para manter a produção, irá manter os 100 funcionários com ou sem lei trabalhista.

O que a lei provocará será a precarização do emprego e o aumento da rotatividade. E como haverá pequena reação cíclica da economia, é até possível que o desemprego seja reduzido.

A comparação correta, portanto, será do crescimento da massa de salários x crescimento do PIB.

Fakenews 2 – a recuperação da economia

Está havendo uma celebração indecente da suposta recuperação da economia. É evidente que, após uma queda pesada da economia, haja algum nível de recuperação.

Aliás, a fase mais favorável à do crescimento e após a grande queda, pois existe capacidade ociosa na economia que poderá ser utilizada sem grandes investimentos.

As projeções mais otimistas indicam que levará 23 trimestres para o PIB retornar aos níveis pré-crise. Que rapidez é essa?

Fakenews 3 – a inflação abaixo da meta é uma vitória

Inflação fora da meta é erro, seja acima ou abaixo. Acima, é sinal de descontrole. Abaixo, é sinal de recessão. O próprio Banco Central estima que em 2017 a política monetária tirou 0,8% do PIB.

E taxa de juros que conta é a real, aquela que se situa acima da inflação. A taxa real hoje em dia está em mais de 4% ao ano, contra quase zero de economias maduras.

Nem Temer salva as emissoras de TV

Ligado .

Por Altamiro Borges*

Nem Michel Temer, com toda a sua bondade no uso da grana pública em publicidade oficial, está conseguindo salvar as emissoras de televisão. Em decorrência da explosão da internet, da perda de credibilidade e da péssima gestão familiar, entre outros fatores, várias delas devem encerrar o balanço financeiro de 2017 com pouco lucro ou no vermelho. É o que informa o jornalista Ricardo Feltrin em postagem nesta terça-feira (2) no UOL. A única que ainda se salva é a Rede Globo, que mesmo assim passa por bruscas mudanças na sua direção – os herdeiros da famiglia Marinho inclusive cederam, pela primeira vez na história, a presidência do Grupo Globo para um executivo profissional. 

CCTCI vota nesta terça projeto que apoia mídia comunitária e independente

Ligado .

O Projeto de Lei (PL) 7.354/14, que cria o Fundo de Apoio à Mídia Independente, de autoria da deputada Luciana Santos (PCdoB/PE), está na pauta da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTCI), desta terça-feira, 19/12. O relator é o deputado Paulo Magalhães (PSD/BA).